Voltar à terra

O sonho da biovilla

- Julho 31, 2015 -


Dormir na Biovilla, mesmo no meio da serra da Arrábida (as praias ficam a 15 minutos de carro), é mais do que fazer um turismo sustentável. É partilhar o sonho das eco comunidades ou ecovillages, que são cada vez mais uma realidade. Em Portugal temos uma comunidade totalmente ecológica e sustentável: a Tamera, que espero em breve visitar. E no estrangeiro, gostava  muito de visitar a Findhorn, lugar de inspiração dos fundadores e responsáveis pela Biovilla.

A Biovilla completou um ano de existência no passado dia 12 de Julho e está a crescer. Realiza vários cursos onde a palavra sustentabilidade faz parte do dia a dia, pois os cooperantes dedicam-se a ela como um projecto de vida. Onde a agricultura biológica, a permacultura, a ecologia vivem lado a lado com a beleza da serra da Arrábida e das praias de água cristalina e revitalizante que há ali perto.

A Edy e o seu marido José fazem parte dos cooperantes. A Edy mostra com orgulho as fotos que tirou com a Bárbara e o Filipe (fundadores da Biovilla) e com a Inês Besugo. Fotos de visitantes, de turistas saudáveis, de pessoas que buscam aprendizagem, reflexão, num espaço em que o sentido está direccionado para se aprender mais sobre a forma como podemos mudar o nosso mundo. O mundo da nossa casa, dos que amamos. E as nossas atitudes e comportamentos perante o ambiente.

É uma alternativa de férias apetecível, com dormida e pequeno almoço incluído. Os quartos são espaçosos, com janelas enormes, quadros com pássaros e o envolvente silêncio do campo. Há muitas estrelas no céu. E  mosquitos(não se esqueçam de levar repelente – citronella é um bom repelente bio). Além do Yoggi, com um sorriso de cão lindo à vossa espera.

QW3B3469

QW3B3451

QW3B3408

 

QW3B3435

QW3B3433

QW3B3409

 

Com a Edy e o cão Yoggy.

QW3B3436

QW3B3414

 

A casa dos hóspedes tem quatro quartos. Turismo sustentável com energia através de painéis solares. 

QW3B3452

QW3B3479

QW3B3456

 

QW3B3480

QW3B3475

QW3B3459

 

Biovilla

Vestido e camisola: Ana Segurado

Fotos: Rui Alves

 

 

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Os campos marcados com * são obrigatórios.