Voltar à terra

Perguntar pelo Bio

- Abril 12, 2016 -

Olá já estou aqui. Estejam à vontade para comentar e participar neste fórum de troca de saberes. O blog Voltar à Terra juntou-se desta forma à iniciativa Grow Green da Agrobio, que está a promover pelo país a “Semana Pergunte pelo Bio”, que esperamos nos incentive a todos a usar produtos biológicos.

Podem fazer aqui os vossos comentários.  Vou estar online durante uma hora para falarmos de imediato. Espero que este nosso diálogo dê muitos frutos bio.

E sejam Bem Vindos!!!

 

arneiro -6519

arneiro -6012

arneiro -6449

 

 

Fotos: Madalena Brandão

Quinta do Arneiro

Categoria: Rotas Bio/ Leituras Verdes

 

Deixe um comentário

32 comentários de “Perguntar pelo Bio

      • Por exemplo mais informações e opiniões sobre cremes. Uma vez que é um produto que pomos todos os dias na nossa cara, faço questão que não tenham químicos.

        • Sim eu também Verónica. Os cremes que uso são todos biológicos e certificados, assim como o gel duche e champô, amaciador. Lembro-me sempre de um livro que li que falava de como os químicos fazem mal ao nosso organismo e claro se misturam logo na água. Esta imagem diária de poluir o planeta ficou para sempre dentro de mim e tento mudá-la.

  1. Maria Ines Pereira

    Olá Anabela! A minha questão é a seguinte: Como faria, se tivesse a oportunidade de tornar todo o mundo mais saudável e ajudar cada um a mudar o seu estilo de vida? Aguardo resposta. Beijinhos.

  2. Seria interessante haver um roteiro de todos os mercados bio espalhados pelo país. Onde quer que estivessemos saberíamos onde ir às compras :) começamos por onde?

    • Tem razão Rui Viana, é uma excelente ideia. Vou propor à Agrobio para que o faça. uma forma prática de sabermos onde nos dirigirmos. No site da Agrobio há muita informação: http://www.agrobio.pt/pt/. De qualquer forma ir aos mercados, pedir cabazes biológicos ou ir ao supermercado biológico mais perto de nós, ainda é um hábito que temos de criar.

    • Olá Rui penso que a Herdade Freixo do Meio vende carne biológica no Mercado da Ribeira, nunca fui lá mas dizem que é um bom preço. Eu não como carne, como peixe, seitan, tofu e leguminosas que são uma rica fonte de proteína. Se gosta de lentilhas, grão e feijão é uma forma de comprar e consumir bio. E de sermos mais amigos do ambiente. a agropecuária é uma das maiores fontes de desflorestação do planeta. Já viu o documentário: Cowspiracy?

      • Já vi, mas ainda não consigo passar sem a minha carninha. Talvez aos poucos, uma dieta mais diversa. Mas a carne biológica também pode vir a ser mais barata.

        • Mas não precisa de passar sem carne. Eu não sou fundamentalista. Acho que se for biológica tem um menor impacto no planeta e sim de certeza que vai ter de ser mais barata, e criada de outra forma. Também acredito nisso. Dia 22 de Abril vai ser assinado um acordo entre mais de 100 países que tem a ver com investimento na sustentabilidade e na reversão das alterações climáticas.

  3. Bom dia, Anabela! Gostaria de saber se sentes diferenças no funcionamento do teu organismo, humor ou até se acharias interessante fazermos análises antes e após a mudança de hábitos no que respeita ao consumo de bens biologicamente produzidos. Penso que as pessoas precisam de ver para crer… de sentir para crer… Obrigada e boas mudanças! Felicidades para os teus projetos.

    • Olá Ana eu comecei a mudar os meus hábitos em 2011, ao ler o livro: “Anti Cancro Uma Nova Maneira de Viver”. E este médico fez várias experiências. Há vários estudos que provam o impacto do uso de alimentos biológicos no nosso organismo. A nível pessoal não fico doente há muito tempo. Não me lembro da última vez que tomei medicamentos, muito menos antibióticos. Tenho energia, corro, pratico, desporto. Faço yoga. A minha pele está brilhante. O cabelo cai menos.:))

        • Descobri duas marcas de calçado em que confio. A Najha faz sapatos de cortiça e algodão orgânico muito confortáveis. A Nae também, tenho umas botas com micro fibra ecológica e são sapatos vegan (cruelty free). Sei que há roupa de cânhamo na loja Sapato Verde, mas ainda não comprei. É um próximo passo.

    • Realmente esses estudos deviam ser mais divulgados, mas se calhar ainda não há muito interesse comercial nisso. Mas alguma coisa está a mudar.

      • Concordo com isso Luísa. Já somos muitos a interessar-nos por estes temas e a estarmos atentos e comprometidos em fazer do mundo um lugar melhor para nós e sobretudo para as crianças.:)

  4. Gostava de vos agradecer a todos o entusiasmo, a participação e a partilha de saberes. A troca de ideias é muito motivadora. Espero que consigam aproveitar da melhor maneira a “Semana Pergunte pelo Bio”, com muitas iniciativas interessante sobre o uso e consumo de produtos bio, em todo o país. Têm aqui o link: http://growgreen.agrobio.pt/pt/wst/files/I43-PPBXPROGRAMA.PDF
    Obrigada a todos e até breve.
    Grande abraço.:))
    Anabela

Deixe uma resposta

Os campos marcados com * são obrigatórios.