Voltar à terra

Os três pecados invernais

- Fevereiro 6, 2016 -

Comer chocolate, comer chocolate… beber chocolate? 

Apesar desta poder ser uma resposta verdadeira à pergunta dos meus pecados invernais, hoje estava a pensar mais em termos dos erros que cometemos quando nos vestimos no Inverno. Aqui vão… Mea culpa! 

Primeiro pecado: O casacão de Inverno.

Talvez a peça de roupa mais problemática e que causa mais ansiedade todo o Inverno. Para começar é caro e usamos sempre mais do que aquilo que pensamos usar, se não nos sentimos bem com ele não interessa , podemos ter o vestido mais maravilhoso por baixo, podemos até estar de lingerie… um casaco feio suga toda a energia, funcionando mesmo como um buraco negro.

Problemas comuns do casacão de Inverno: tapa demais (Darth Vader), demasiado volume ou peso (Jabba de Hutt), demasiado peludo (Chewbaca), demasiado colorido ou demasiado cinzentão (Yoda). Mas talvez  o pior problema seja mesmo o facto de não o largarmos. Estamos com frio e entramos numa “time warp”, pegamos sempre nele, vivemos dentre dele, e ele transforma-se num uniforme de combate ao frio, um combate em que todas as forcas do bem (tudo o resto que vestimos por baixo dele) acabam derrotadas.

 

Segundo pecado: Tudo o que vestimos é escuro como o breu.

Quem não é culpada deste pecado que atire a primeira pedra ok? Por alguma razão isto funciona na Suécia, mas não em Portugal. Talvez porque os suecos são tão branquinhos, clarinhos e não se perdem na roupa escura, mas para nós Portugueses parece ser mais complicado, de repente estamos dentro do universo do preto, cinzento, azul escuro, castanho…

 

Terceiro pecado: Usamos acessórios de menos.

Eu partilho com a Anabela a filosofia de vida do “less is more”, mas talvez porque os brincos e os colares se prendem nos cachecóis, nos lenços, porque de manhã quando pegamos neles estão gelados, sei lá qual é a razão, mas parece que de Inverno usamos menos quando devíamos usar mais, afinal para falta de cor já basta lá fora. may the force be with you. 

Ana Prata

image (47)

 

 

 

 Categoria: A Minha Camisola de Marinheiro

 

Deixe um comentário

Deixar uma resposta

Os campos marcados com * são obrigatórios.