Voltar à terra

Cinema português no Festival de Berlim

- Fevereiro 15, 2016 -

Este ano há sete filmes portugueses no Festival de Cinema de Berlim (a maior presença de filmes portuguesses na Berlinale). Um deles é “Cartas de Guerra” de Ivo Ferreira. Desde que conheço, este realizador português sonha com filmes.  Adora atores, é filho de um grande ator. E vive em Macau, em Portugal, pelo Mundo. Está de parabéns por ter uma longa metragem em competição no festival  de Berlim, um dos mais conceituados e prestigiantes eventos internacionais de cinema.  Está de parabéns pelo seu talento e persistência. Sinto-me feliz por vê-lo concretizar os seus sonhos e partilhá-los connosco. O trailer já está disponível. Espero em breve poder ver o filme completo nas salas de cinema do nosso país.

Também há duas curtas metragens portuguesas em competição no festival de Berlim:“Balada de um Batráquio”, de Leonor Teles, e “Freud und Friends”, de Gabriel Abrantes. E  há outros filmes, que estão fora da competição, mas têm dado o que falar:“Eldorado XXI”, de Salomé Lamas, “Posto avançado do progresso”, de Hugo Vieira da Silva, “Rio Corgo”, de Maya Kosa e Sérgio da Costa, “L’oiseau de la nuit”, de Marie Losier, e “Transmission from the Liberated Zones”, de Filipa César.

O cinema português está vivo, recomenda-se e não, não é uma seca!!! E sim, anda em festivais estrangeiros, mas também estreia nas nossas salas.  Temos é prestigiá-lo.

Agradeço os vossos comentários.

 

Categoria: Diário de Atriz

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Os campos marcados com * são obrigatórios.